PRF suspende uso de radares móveis em Roraima após determinação do governo federal

Medida do presidente Jair Bolsonaro (PSL) foi publicada no Diário Oficial da União desta quinta (15).

Por G1 RR — Boa Vista

15/08/2019 16h08  Atualizado há 2 horas


Decisão de suspender uso de radares já está em vigor em Roraima — Foto: Polícia Rodoviária Federal/DivulgaçãoDecisão de suspender uso de radares já está em vigor em Roraima — Foto: Polícia Rodoviária Federal/Divulgação

Decisão de suspender uso de radares já está em vigor em Roraima — Foto: Polícia Rodoviária Federal/Divulgação

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) seguiu a determinação do Governo Federal e suspendeu o uso de radares móveis de fiscalização de velocidade em rodovias federais de Roraima nesta quinta-feira (15).

O despacho do presidente Jair Bolsonaro (PSL), publicado no Diário Oficial da União desta quinta, diz que a medida tem como objetivo “evitar o desvirtuamento do caráter pedagógico e a utilização meramente arrecadatória” dos equipamentos.

Mais cedo, o diretor-geral da PRF, Adriano Marcos Furtado, divulgou um ofício e uma medida administrativa determinando "cumprimento imediato" da suspensão da fiscalização por radares móveis nas estradas federais, as chamadas BRs.

O documento determina que todos os gestores e servidores adotem as providências necessárias para o imediato cumprimento da decisão presidencial, devendo ser sobrestado o uso e recolhidos os equipamentos medidores.

A suspensão do governo federal se aplica aos seguintes radares:

Estático: instalado em veículo parado ou sobre suporte

Móvel: instalado em veículo em movimento

Portátil: direcionado manualmente para os veículos

A suspensão não vale para radares fixos, que continuarão funcionando, e nem para rodovias estaduais e municipais, que não são de responsabilidade da PRF.

A suspensão vale até que seja concluída uma revisão das normas sobre a fiscalização eletrônica de velocidade, que deverá ser feita pelo Ministério da Infraestrutura. Procurado pelo G1, o órgão disse que não há prazo definido para que a reavaliação do uso de radares seja realizada e eles voltem a ser utilizados.

Comentários